terça-feira, 10 de setembro de 2013

Imagine.. Nós, em uma casa grande, bonita, acordando juntos todos os dias. Eu iria te olhar nos olhos, te lembrar sempre o quão importante você é para mim, e então você abriria o meu sorriso, antes mesmo de se levantar. Iríamos nos arrumar juntos, e sair para trabalhar na mesma hora. Você me ligaria na hora do almoço, dizendo que estava me esperando, para irmos ao nosso restaurante favorito, nós almoçaríamos, e iríamos trabalhar de volta, ansiosos para chegar a noite, e nos vermos novamente. Um dia ou outro, nós sairíamos, iríamos ao cinema, ou à um barzinho, ou chamaríamos alguns amigos em nossa casa. Nos dias normais, iríamos apenas conversar sobre nossos dias, contando detalhes de pequenos fatos sem importância, só pelo prazer de dividirmos os acontecimentos um com o outro. Eu faria o jantar, e você arrumaria a mesa, então jantaríamos, e depois assistiríamos à um filme, dia romance, dia terror, outro comédia. Aos sábados, eu iria com você vê-lo jogar bola, e depois faríamos algo. Mais a tardinha, eu iria ao salão, fazer a unha, coisas pequenas, e então eu chegaria em casa, e você repararia nas coisas que fiz, me elogiando, e lembrando como sou linda e importante para você. Então, aos domingos, iríamos visitar seus pais, ou os meus, e depois assistiríamos aos jogos de futebol. Iríamos sempre estar juntos, a qualquer lugar que fossêmos, seríamos um exemplo de casal apaixonado. Eu te daria a notícia de que estava grávida, e você abriria um sorriso imenso. Nosso filho iria nascer, cuidaríamos dele com todo o carinho e amor, ele iria para a escolinha, e então, eu engravidaria de novo. Nossos filhos cresceriam cercados de amor, carinho, e nos teriam como exemplo de amor eterno, e iriam repetir isso com seus namorados ou namoradas. Envelheceríamos, e nossos filhos e netos cuidariam de nós. Iríamos contar para eles todos os momentos de nossa adolescência, e de como nossa vida foi maravilhosa, um ao lado do outro, sempre. Um belo dia, iríamos dormir, e não mais acordaríamos. Nossa família sentiria nossa falta, mas saberiam sempre, que vivemos do modo como a gente sempre quis, e que morremos felizes. Esse é o nosso futuro, você não vê?! Não tenho como viver minha vida desse jeito com ninguém que não você.